Assine agora e receba conteúdos em primeira
mão na sua caixa de entrada.

Hoje vamos falar de um tópico essencial: recomendações de segurança no trabalho. Selecionamos os problemas mais comuns, pois há diversos. Confere ai, logo abaixo.

Caso um: alguém sabe o que é pior

Não é trabalho da Alice cuidar da segurança. Ela é a secretária de uma pequena empresa, mas aprendeu a ser cuidadosa com e-mail falso. Quando uma mensagem da Receita Federal chegou em sua caixa de entrada, Alice estranhou e optou por não abrir o arquivo anexado. Pena que ela entrou de férias no próximo dia. E sua assistente foi bem menos experiente e caiu no truque.

Detalhando

Esse cenário pode parecer pouco realístico, mas não necessariamente. Foi resultado de uma política de segurança falha da empresa. É preciso treinar o pessoal quanto a medidas de segurança para a rede da empresa.

Caso dois: Deixe o convidado permanecer como convidado

Jerônimo não esperava nada de ruim em uma visita de um amigo no escritório. O amigo perguntou se havia Wi-Fi disponível para seu tablet e Jerônimo entregou a senha da rede interna da empresa. O problema era que o tablet não era seguro...

Detalhando

É por isso que redes para convidados existem, Jerônimo sem dúvida violou a política de privacidade da empresa ao permitir um estranho na rede. Mesmo que o estranho não tivesse má intenção, o malware no seu dispositivo tinha.
A rede para convidados deve ser completamente isolada da interna.

Caso três: Um post-it e uma webcam

Senhas, senhas, senhas. Um número enorme tem de ser memorizado ao curso do trabalho diário. É uma grande tentação usar post-its com todas escritas e mantê-las perto. Foi isso que a Ana fez. Lá na parede os post-its amarelos com inúmeras combinações impossíveis de adivinhar. Essas senhas acabaram sendo usadas por cibercriminosos para criar caos na rede da empresa onde Ana trabalha. Depois, investigadores descobriram que os post-its foram fotografados com um notebook próximo.

Detalhando

Senhas não são para mostrar. Por mais que pareça que ninguém possa adivinhar a quais contas elas pertencem, deixá-las a vista é tão inseguro quanto compartilha-las em texto por e-mail, por exemplo.
E como deixá-las seguras? – Com um bom gerenciador de senhas que fará com que você lembre de apenas uma senha mestre.

A lista de “recomendações” em cibersegurança no local de trabalho seria longa, muito mais longa que os casos apresentados. Esteja sempre atendo a estes focos de vulnerabilidade dentro da empresa e conte com uma solução completa de proteção, Kaspersky Internet Security.

Hoje vamos falar de um tópico essencial: recomendações de segurança no trabalho. Selecionamos os problemas mais comuns, pois há diversos. Confere ai, logo abaixo.

Caso um: alguém sabe o que é pior

Não é trabalho da Alice cuidar da segurança. Ela é a secretária de uma pequena empresa, mas aprendeu a ser cuidadosa com e-mail falso. Quando uma mensagem da Receita Federal chegou em sua caixa de entrada, Alice estranhou e optou por não abrir o arquivo anexado. Pena que ela entrou de férias no próximo dia. E sua assistente foi bem menos experiente e caiu no truque.

Detalhando

Esse cenário pode parecer pouco realístico, mas não necessariamente. Foi resultado de uma política de segurança falha da empresa. É preciso treinar o pessoal quanto a medidas de segurança para a rede da empresa.

Caso dois: Deixe o convidado permanecer como convidado

Jerônimo não esperava nada de ruim em uma visita de um amigo no escritório. O amigo perguntou se havia Wi-Fi disponível para seu tablet e Jerônimo entregou a senha da rede interna da empresa. O problema era que o tablet não era seguro...

Detalhando

É por isso que redes para convidados existem, Jerônimo sem dúvida violou a política de privacidade da empresa ao permitir um estranho na rede. Mesmo que o estranho não tivesse má intenção, o malware no seu dispositivo tinha.
A rede para convidados deve ser completamente isolada da interna.

Caso três: Um post-it e uma webcam

Senhas, senhas, senhas. Um número enorme tem de ser memorizado ao curso do trabalho diário. É uma grande tentação usar post-its com todas escritas e mantê-las perto. Foi isso que a Ana fez. Lá na parede os post-its amarelos com inúmeras combinações impossíveis de adivinhar. Essas senhas acabaram sendo usadas por cibercriminosos para criar caos na rede da empresa onde Ana trabalha. Depois, investigadores descobriram que os post-its foram fotografados com um notebook próximo.

Detalhando

Senhas não são para mostrar. Por mais que pareça que ninguém possa adivinhar a quais contas elas pertencem, deixá-las a vista é tão inseguro quanto compartilha-las em texto por e-mail, por exemplo.
E como deixá-las seguras? – Com um bom gerenciador de senhas que fará com que você lembre de apenas uma senha mestre.

A lista de “recomendações” em cibersegurança no local de trabalho seria longa, muito mais longa que os casos apresentados. Esteja sempre atendo a estes focos de vulnerabilidade dentro da empresa e conte com uma solução completa de proteção, Kaspersky Internet Security.