Assine agora e receba conteúdos em primeira
mão na sua caixa de entrada.

Você tem controle sobre o estoque da sua empresa? Sabe a importância da contagem de estoque para economia em sua empresa?

Este é o assunto do artigo de hoje, a contagem de estoque, que é de extrema importância para a gestão de estoque.

Sabemos que a gestão de estoque é muito mais complexa do que parece. Manter o estoque dos produtos em seu sistema de gestão conforme o estoque físico não é uma tarefa fácil, mas é fundamental para o controle de suas mercadorias e para não gerar custos desnecessários como a compra de mercadorias indevidas.

Para que o estoque seja condizente com a necessidade da empresa é preciso um monitoramento. É esse monitoramento que vai evitar problemas como desabastecimento, desperdícios e desvios. E a forma de monitorar o estoque de produtos é fazer a contagem destes itens periodicamente.

Principais técnicas de contagem de estoque

Para realizar a contagem de estoque é possível optar entre 3 métodos que estão listados abaixo:

Contagem Manual

A contagem manual é a técnica mais comum. É adotada principalmente por empresas em início de atividade, uma vez que este tipo de empresa pode não ter recursos para investir em equipamentos eletrônicos para realizar a contagem.

Nesse modelo, o registro do estoque é feito em papel ou em planilhas pelo responsável pela contagem.

Apesar de comum este método está sujeito a erros por ser realizado unicamente por pessoas. Por isso, a atenção é quesito fundamental e é recomendado que seja realizado por mais de uma pessoa e até mesmo mais de uma vez.

Contagem Mista

O processo misto caracteriza-se por uma parte da contagem ser realizada manualmente e a outra ser automatizada.

Neste modelo, a contagem seria feita manualmente e posteriormente os dados seriam lançados no sistema que revelará a atual situação do estoque da empresa.

Como qualquer método de contagem tem-se o risco de erro humano, porém, ele é menor do que a operação totalmente manual.

Contagem Automatizada

A terceira possibilidade, a contagem automatizada, é sem dúvida a mais segura por acontecer de forma 100% automatizada.

Para realizar este tipo de contagem são necessários equipamentos próprios como um coletor de dados, onde é possível capturar informações via código de barras de cada produto e fazer o lançamento diretamente no sistema de gestão, acertando as divergências existentes no estoque dos produtos.

Contagem de estoque em 4 passos

Para realizar a contagem de estoque de maneira efetiva e sem erros, é importante que sejam estabelecidos primeiramente os processos a serem seguidos.

Conheça agora um passo a passo essencial para ajudar você a organizar melhor seu processo de contagem.

  1. Organize os itens

Você deve identificar e categorizar os itens que farão parte da contagem, para que seja eficiente. Para isso você pode etiquetar os produtos e identificar cada uma das prateleiras, estantes ou vitrines da loja.

  1. Defina um horário para realizar a contagem

É ideal estabelecer um horário para fazer a contagem. Este horário deve ser um período tranquilo para a empresa, onde não haja fluxo de mercadorias, garantindo um levantamento muito mais preciso e eficiente. O melhor horário para fazer a contagem seria fora do expediente ou até mesmo em um feriado.  

  1. Opte por um método eficiente

O sistema de contagem manual é muito utilizado, porém este método demanda muito tempo e é propício a erros. Sendo assim, a melhor opção é usar um método automático para a contagem de estoque, o que garante um processo mais rápido e com informações confiáveis. Com os seus produtos etiquetados por códigos de barras, você pode usar um coletor de dados para bipar todos os produtos e assegurar a veracidade da contagem.

  1. Cheque a contagem

Seja a contagem feita de forma manual ou automática é necessário conferir a contagem, pois em ambos os casos podem ocorrer erros. O ideal é que a contagem seja feita por uma equipe para garantir a consistência do processo.

Seguindo estes 4 passos você conseguirá realizar uma contagem produtiva e mais assertiva.

Por que usar um sistema de gestão para controle de estoque?

O principal diferencial oferecido pelas ferramentas eletrônicas de controle de estoque é a redução dos riscos. Pois com o controle manual os erros cometidos podem demorar um longo tempo para serem descobertos. Em uma hipótese pior, é possível que os erros não sejam identificados, o que pode fazer com que ele volte a acontecer diversas vezes. E isso significa prejuízos financeiros para a empresa.

Usar um sistema informatizado para gerenciar o estoque significa que você empresário pode contar com benefícios como:

  • Maior precisão em relação aos produtos em estoque.
  • Controle da demanda da empresa com maior eficiência.
  • Maior segurança para realizar pedidos e fazer reservas dos produtos.
  • Maior facilidade para detectar problemas no estoque.
  • Facilidade na realização de inventários.
  • Possibilidade de disponibilizar os produtos online ou off-line.
  • Uso de relatórios com informações precisas.

Conclusão

A contagem de estoque é fundamental para o bem-estar da empresa, já que o acúmulo de estoque é tão prejudicial quanto o sua falta. Para realizar essa contagem da maneira certa, é preciso identificar e categorizar os itens, escolher um método e também manter um controle sobre o processo.

Para um melhor controle, indica-se que a contagem de estoque seja feita frequentemente de acordo com a necessidade da empresa. Uma empresa que possui um controle eficaz de estoque evita possíveis prejuízos futuros.

Referências

Você tem controle sobre o estoque da sua empresa? Sabe a importância da contagem de estoque para economia em sua empresa?

Este é o assunto do artigo de hoje, a contagem de estoque, que é de extrema importância para a gestão de estoque.

Sabemos que a gestão de estoque é muito mais complexa do que parece. Manter o estoque dos produtos em seu sistema de gestão conforme o estoque físico não é uma tarefa fácil, mas é fundamental para o controle de suas mercadorias e para não gerar custos desnecessários como a compra de mercadorias indevidas.

Para que o estoque seja condizente com a necessidade da empresa é preciso um monitoramento. É esse monitoramento que vai evitar problemas como desabastecimento, desperdícios e desvios. E a forma de monitorar o estoque de produtos é fazer a contagem destes itens periodicamente.

Principais técnicas de contagem de estoque

Para realizar a contagem de estoque é possível optar entre 3 métodos que estão listados abaixo:

Contagem Manual

A contagem manual é a técnica mais comum. É adotada principalmente por empresas em início de atividade, uma vez que este tipo de empresa pode não ter recursos para investir em equipamentos eletrônicos para realizar a contagem.

Nesse modelo, o registro do estoque é feito em papel ou em planilhas pelo responsável pela contagem.

Apesar de comum este método está sujeito a erros por ser realizado unicamente por pessoas. Por isso, a atenção é quesito fundamental e é recomendado que seja realizado por mais de uma pessoa e até mesmo mais de uma vez.

Contagem Mista

O processo misto caracteriza-se por uma parte da contagem ser realizada manualmente e a outra ser automatizada.

Neste modelo, a contagem seria feita manualmente e posteriormente os dados seriam lançados no sistema que revelará a atual situação do estoque da empresa.

Como qualquer método de contagem tem-se o risco de erro humano, porém, ele é menor do que a operação totalmente manual.

Contagem Automatizada

A terceira possibilidade, a contagem automatizada, é sem dúvida a mais segura por acontecer de forma 100% automatizada.

Para realizar este tipo de contagem são necessários equipamentos próprios como um coletor de dados, onde é possível capturar informações via código de barras de cada produto e fazer o lançamento diretamente no sistema de gestão, acertando as divergências existentes no estoque dos produtos.

Contagem de estoque em 4 passos

Para realizar a contagem de estoque de maneira efetiva e sem erros, é importante que sejam estabelecidos primeiramente os processos a serem seguidos.

Conheça agora um passo a passo essencial para ajudar você a organizar melhor seu processo de contagem.

  1. Organize os itens

Você deve identificar e categorizar os itens que farão parte da contagem, para que seja eficiente. Para isso você pode etiquetar os produtos e identificar cada uma das prateleiras, estantes ou vitrines da loja.

  1. Defina um horário para realizar a contagem

É ideal estabelecer um horário para fazer a contagem. Este horário deve ser um período tranquilo para a empresa, onde não haja fluxo de mercadorias, garantindo um levantamento muito mais preciso e eficiente. O melhor horário para fazer a contagem seria fora do expediente ou até mesmo em um feriado.  

  1. Opte por um método eficiente

O sistema de contagem manual é muito utilizado, porém este método demanda muito tempo e é propício a erros. Sendo assim, a melhor opção é usar um método automático para a contagem de estoque, o que garante um processo mais rápido e com informações confiáveis. Com os seus produtos etiquetados por códigos de barras, você pode usar um coletor de dados para bipar todos os produtos e assegurar a veracidade da contagem.

  1. Cheque a contagem

Seja a contagem feita de forma manual ou automática é necessário conferir a contagem, pois em ambos os casos podem ocorrer erros. O ideal é que a contagem seja feita por uma equipe para garantir a consistência do processo.

Seguindo estes 4 passos você conseguirá realizar uma contagem produtiva e mais assertiva.

Por que usar um sistema de gestão para controle de estoque?

O principal diferencial oferecido pelas ferramentas eletrônicas de controle de estoque é a redução dos riscos. Pois com o controle manual os erros cometidos podem demorar um longo tempo para serem descobertos. Em uma hipótese pior, é possível que os erros não sejam identificados, o que pode fazer com que ele volte a acontecer diversas vezes. E isso significa prejuízos financeiros para a empresa.

Usar um sistema informatizado para gerenciar o estoque significa que você empresário pode contar com benefícios como:

  • Maior precisão em relação aos produtos em estoque.
  • Controle da demanda da empresa com maior eficiência.
  • Maior segurança para realizar pedidos e fazer reservas dos produtos.
  • Maior facilidade para detectar problemas no estoque.
  • Facilidade na realização de inventários.
  • Possibilidade de disponibilizar os produtos online ou off-line.
  • Uso de relatórios com informações precisas.

Conclusão

A contagem de estoque é fundamental para o bem-estar da empresa, já que o acúmulo de estoque é tão prejudicial quanto o sua falta. Para realizar essa contagem da maneira certa, é preciso identificar e categorizar os itens, escolher um método e também manter um controle sobre o processo.

Para um melhor controle, indica-se que a contagem de estoque seja feita frequentemente de acordo com a necessidade da empresa. Uma empresa que possui um controle eficaz de estoque evita possíveis prejuízos futuros.

Referências